Seis projetos aprovados pelo Legislativo

por Cris Bertaluci publicado 17/11/2016 09h45, última modificação 17/11/2016 09h48
A Câmara Municipal de Vereadores de Três Passos realizou a sessão ordinária semanal na última quarta-feira, 16 de novembro, a partir das 19h, sob a presidência da vereadora Lélia Müller. Os vereadores prestaram um minuto de silêncio em lembrança ao falecimento do advogado José Bueno Trindade, ocorrido no dia 15 de novembro último, e também encaminharam um voto de pesar aos familiares.

A Câmara Municipal de Vereadores de Três Passos realizou a sessão ordinária semanal na última quarta-feira, 16 de novembro, a partir das 19h, sob a presidência da vereadora Lélia Müller.

 

Os vereadores prestaram um minuto de silêncio em lembrança ao falecimento do advogado José Bueno Trindade, ocorrido no dia 15 de novembro último, e também encaminharam um voto de pesar aos familiares.

 

JOSÉ BUENO TRINDADE:

 

Foi suplente de vereador na 4ª Legislatura (1960 a 1963).

Assumiu como vereador titular neste período.

Em 1961 foi Presidente da Câmara de Vereadores.

Em 1962 foi 2º Vice-Presidente.

 

Na 6ª Legislatura, de 1969 a 1972, foi vereador eleito, diplomado.

Em 1972 foi 1º Vice-Presidente.

 

De 1973 a 1976, na 7ª Legislatura, foi vereador eleito novamente.

Em 1974 foi Vice-Presidente da Câmara.

Em 1975 foi Secretário da Mesa Diretora.

 

Na 8ª Legislatura, de 1977 a 1982, foi novamente eleito como vereador.

Em 1977 foi Vice-Presidente do Legislativo Três-passense.

 

Três projetos de lei deram entrada na Câmara de Vereadores e foram lidos na sessão, os quais preveem a contratação emergencial de um agente comunitário de saúde para atuar no Distrito de Bela Vista, um profissional oficineiro para atuar junto à Unidade Básica de Saúde, e de um médico devido ao encerramento de um contrato do Programa Mais Médicos.
 
Foram votados seis projetos de lei na sessão. Destaca-se o projeto que autoriza a contratação emergencial de até 55 serventes, para atuarem, principalmente, junto às escolas municipais durante o próxima ano letivo, até que se conclua a licitação para a contratação de mão de obra terceirizada para tal função, motivo pelo qual não foi realizado novo concurso público para a nomeação de novos profissionais serventes.
 
Todos os projetos foram aprovados por unanimidade. Confira aqui.
 
O vereador Paulinho Zügel fez uso da palavra no espaço dos discursos dos vereadores (Grande Expediente).
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.